Frankenstein

A-MA-DI-NHOS e A-MA-DI-NHAS da vovó, tudo bem com vocês?

Hoje a vovó trouxe como dica o livro ‘Frankenstein’, do autor Mary Shelley.

Obcecado pela ideia de dar vida à matéria inanimada, o cientista Victor Frankenstein entra em pânico e foge quando finalmente consegue ter sucesso criando um monstro feito de restos humanos. Entregue ao abandono e à rejeição, a criatura vai atrás do seu criador, em busca de respostas e vingança.

Mais famosa história de horror de todos os tempos, Frankenstein impressiona pela capacidade de causar arrepios ainda hoje, mais de duzentos anos após a sua publicação. Impressiona também pelo poder de nos fazer refletir de forma profunda sobre temas tão atuais como a solidão, o preconceito e a prepotência humana.

Espero que gostem da dica.

Beijinhos carinhosos da Dona Literata!

#‎dicasdeleitura #‎donaliterata‬ ‪#rogercastroeventos‬ ‪#‎vivandeirosdaalegria

Os faroleiros e outros contos de Monteiro Lobato

A-MA-DI-NHOS e A-MA-DI-NHAS da vovó, tudo bem com vocês?

Hoje a vovó trouxe como dica o livro ‘Os faroleiros e outros contos de Monteiro Lobato’, do autor Monteiro Lobato.

Quem nunca ouviu falar no Sítio do Picapau Amarelo e de seu criador, Monteiro Lobato? Esse importante escritor e editor brasileiro tem no seu repertório de criação muito mais do que os conhecidos contos infantis e seus personagens imortais como Narizinho, Emília e Dona Benta. A adaptação desse livro explora contos mais adultos e não muito conhecidos do autor, mostrando que seu brilhantismo não tem restrição de idade. Venha conhecer: “Os faroleiros”, “Pedro Pichorra”, “O luzeiro agrícola” e “Era no paraíso…”, adaptados em HQ, além de outros trechos de sua vasta e importante obra.

Espero que gostem da dica.

Beijinhos carinhosos da Dona Literata!

#‎dicasdeleitura #‎donaliterata‬ ‪#rogercastroeventos‬ ‪#‎vivandeirosdaalegria

Coraline

A-MA-DI-NHOS e A-MA-DI-NHAS da vovó, tudo bem com vocês?

Hoje a vovó trouxe como dica o livro ‘Coraline’, do autor Neil Gaiman.

Certas portas não devem ser abertas. E Coraline descobre isso pouco tempo depois de chegar com os pais à sua nova casa, um casarão antigo ocupado por vizinhos excêntricos e envolto por uma névoa insistente, um mundo de estranhezas e magia, o tipo de universo que apenas Neil Gaiman pode criar.

Ao abrir uma porta misteriosa na sala de casa, a menina se depara com um lugar macabro e fascinante. Ali, naquele outro mundo, seus outros pais são criaturas muito pálidas, com botões negros no lugar dos olhos, sempre dispostos a lhe dar atenção, fazer suas comidas preferidas e mostrar os brinquedos mais divertidos. Coraline enfim se sente… em casa. Mas essa sensação logo desaparece, quando ela descobre que o lugar guarda mistérios e perigos, e a menina se dá conta de que voltar para sua verdadeira casa vai ser muito mais difícil ― e assustador ― do que imaginava.

Publicado pela primeira vez em 2002, Coraline foi o primeiro livro de Neil Gaiman para o público infantojuvenil e se tornou uma das obras mais emblemáticas do escritor. Repleta de elementos ao mesmo tempo sombrios e lúdicos, a história conquistou crianças e adultos em todo o mundo.

Espero que gostem da dica.

Beijinhos carinhosos da Dona Literata!

#‎dicasdeleitura #‎donaliterata‬ ‪#rogercastroeventos‬ ‪#‎vivandeirosdaalegria